Roda-gigante do Rio será aberta ao público em dezembro

0
24

O Rio de Janeiro ganhará uma nova atração turística em novembro deste ano. A Rio Star será a maior roda-gigante da América Latina e estará entre as 20 maiores do mundo com 88 metros de altura, o que representa um prédio de 25 andares. Serão 54 cabines climatizadas, com capacidade para 8 pessoas cada, podendo transportar o total de 432 pessoas a cada 15 minutos. A atração, localizada no Porto Maravilha, vai oferecer vistas únicas da Zona Portuária, do Relógio Central, Morro da Providência, Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Pedra do Sal, Ponte Rio-Niterói e da Cidade do Samba.

Segundo Fábio Bordin, Diretor Executivo da FW Investimentos, holding que administra a Rio Star, a obra do parque está em fase final de construção. “No último dia 10 de setembro, concluímos 80% da construção. Após finalizada, acreditamos que, por propiciar vistas tão bonitas da cidade do Rio de Janeiro, a Rio Star será considerada mais um ícone da Cidade Maravilhosa, junto com o Cristo Redentor, Bondinho do Pão de Açúcar, Praia de Copacabana entre outras maravilhosas atrações e paisagens que estão à nossa volta”, ressaltou.

Para se firmar como um dos símbolos da cidade e reforçar o Rio de Janeiro como principal destino para o turismo de brasileiros e estrangeiros, o tamanho da Rio Star a coloca entre as maiores rodas-gigantes de todo o mundo, como, por exemplo, a High Roller (Las Vegas), Star of Nanchang (China), London Eye (Londres), (Japão) e EuroWheel (Itália).

Uma volta completa na maior roda-gigante da América Latina dura aproximadamente 15 minutos. A expectativa é de que cerca de 3 mil pessoas passem por dia pela atração, chegando a mais de 1 milhão por ano. “A Rio Star estará aberta todos os dias das 10h às 18h. Esse horário pode ser alterado em função de eventos ou situações especiais”, disse Bordin.

Todas as cabines estão preparadas receber cadeirantes. “Teremos cadeiras de rodas para pessoas com dificuldade de locomoção, que serão cedidas gratuitamente. Além disso, com o conceito de integração e família, os pets poderão acompanhar seus donos, desde que devidamente seguros”, comentou o diretor.

Antes de entrar em uma das cabines, o visitante poderá aproveitar toda a estrutura do parque com praça de alimentação e lojas com produtos diversos, desde souvenirs até binóculos descartáveis para apreciar as experiências do ponto mais alto da roda-gigante.

Turismo

Segundo informações do Ministério do Turismo e da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), em 2018 cerca de 6,62 milhões de estrangeiros visitaram o Brasil. O estudo partiu de entrevistas em 25 pontos – como aeroportos e fronteiras – para avaliar o perfil dos visitantes, incluindo motivação, forma de chegada e avaliações sobre a estadia. O Rio de Janeiro é o preferido entre os turistas estrangeiros, sendo que os argentinos foram os que mais visitaram a cidade com 2,5 milhões de pessoas. Na sequência, aparecem Estados Unidos (539,5 mil), Chile (387 mil), Paraguai (356 mil), Uruguai (348 mil) e França (238,3 mil). 

Impulso para a economia local

O impacto na mão de obra está rendendo 200 empregos diretos e indiretos na fase de construção, mais as vagas que serão abertas com a operação da roda-gigante.  “Após a abertura, serão 60 pessoas somente da Rio Star, fora os terceirizados que deverão chegar a mais ou menos 50 pessoas. Todo o processo de recrutamento, seleção e contratação está sendo feito por uma empresa especializada. Temos o objetivo de que pelo menos 15% de vagas sejam ocupadas por pessoas residentes nas comunidades próximas”, completou Fábio Bordin. 

Ingresso

O valor do ingresso custará R$ 49 na compra antecipada no site, que irá ao ar em outubro, e a pré-venda começará na segunda quinzena do mês. As informações para a compra na bilheteria serão divulgadas em breve. 

Acesso

A estrutura está localizada em um ponto de fácil acesso por transporte público e compartilhado, desde ônibus, VLT, táxi, carros, bicicletas e patinetes por aplicativos.

(Com informações O São Gonçalo)